Alunos do Parfor Pedagogia participam do I Seminário de TCC em Castanhal


“É o que eu quero como profissional, poder me formar em nível superior, porque é uma exigência, mas, acima de tudo, é uma oportunidade de eu ter uma formação mais ampla e fazer meu papel de educador de forma melhor, com mais competência e mais habilidade para trabalhar em sala de aula.”

A declaração é de Anderson Caetano, que há mais de 10 anos é professor do ensino fundamental em dois municípios paraenses. Ele e mais de 150 alunos, futuros pedagogos que estão sendo preparados pelo Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica, o Parfor, participaram do I Seminário de Trabalho de Conclusão de Curso(TCC), realizado no Campus Castanhal no último dia 4 de fevereiro.

Para a professora Eula Nascimento, diretora da Faculdade de Pedagogia, o Seminário é um encontro não só voltado ao início da orientação dos concluintes do Parfor, mas também uma oportunidade pra que os estudantes possam receber esclarecimentos que os ajudem a compreender melhor o que é o TCC, passando a ver o trabalho com mais naturalidade.

“É um momento que mostra a educação enquanto prática social. E a gente queria humanizar esse encontro, pois, muitas vezes, o trabalho de conclusão de curso é colocado de forma muito mistificada.”

Motivação

eulauditório

E a tarefa de promover essa primeira aproximação dos alunos com o TCC ficou por conta de 30 orientadores, que também participaram do encontro. A professora Márcia Cristina da Silva, que fez a palestra de abertura do evento, faz parte do grupo e dá a sua contribuição.

“Eu vim tentar estimulá-los a fazer esse processo de pesquisa, que é fundamental, pois são professores que vêm do interior do Pará já com toda a trajetória de professores. Então a gente vem tentar trazer esse ânimo, que é necessário para eles iniciarem o TCC”.

Ânimo que para o Anderson Caetano, do início da matéria, não deve faltar.

 

grupo“Se Deus quiser vai dar tudo certo. E que ninguém desista nessa etapa, pois não foi fácil chegar até aqui nesses quatro anos. Agora, o importante é concluir e ser reconhecido como um professor, formado em nível superior”, disse otimista.

As orientações do PARFOR Pedagogia de Castanhal e municípios polos Ipixuna e Colares vão acontecer até junho. A defesa dos TCC´s está prevista para o mês de julho.


Sobre o Parfor


O Parfor é destinado aos professores em exercício das escolas públicas estaduais e municipais, que não possuem formação superior na área em que atuam, conforme exigência da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

No Pará, a UFPA disponibilizou a primeira oferta do Parfor em 2009, com 14 turmas de seis cursos de licenciatura em apenas 4 municípios.
Esses números foram crescendo no decorrer dos anos, tendo chegado em 2014 a aproximadamente 300 turmas de 21 cursos em 64 municípios, entre eles Castanhal que em 2014 tinha 25 turmas de Parfor . (Fonte: http://www.aedi.ufpa.br/parfor)

Texto: Etiene Andrade
Fotos: Ascom UFPA - Campus Castanhal/ Alessandra Brito: bolsista PIBID Pedagogia

Additional information